ITeCons
ITeCons
UC
Caminho › itecons.uc.pt › Formação e Eventos › Curso Prático de Avaliação da Propriedade Rústica
Formação e Eventos
Referência: C96
Ano de criação: 2017
Carga horária: 21

Coordenação
Eng.º Hugo Macedo

 

+INFO / REGISTOS [9ª Edição] ITeCons, Coimbra, de 04/11/2017 a 18/11/2017

Curso Prático de Avaliação da Propriedade Rústica

Acção de formação subordinada ao tema “Curso Prático de Avaliação da Propriedade Rústica”.
O público alvo desta acção são profissionais ligados à atividade de avaliação imobiliária com necessidade de aprofundar os seus conhecimentos no domínio da avaliação da propriedade rústica, e todos aqueles que pretendem iniciar-se neste tipo de avaliações.
No final da acção de formação os formandos estarão habilitados a conhecer as metodologias de avaliação, as classificações dos solos e os diversos tipos de rendimentos e despesas decorrentes da actividade desenvolvida numa propriedade rústica, a selecionar os elementos de suporte á avaliação, e a proceder a avaliações da propriedade rústica e a emitir um relatório fundamentado.
Neste contexto, o ITeCons irá promover uma 9ª Edição da acção de formação, leccionada pelo Eng.º Dimas Veigas e pelo Eng.º Francisco Campos, a decorrer nas instalações do ITeCons, aos sábados, no seguinte horário:

- Dias 4, 11 e 18 de Novembro de 2017, das 9:30 às 13:00 e das 14:30 às 18:00 (sábados).

Após as sessões lectivas em sala, os formandos serão convidados a desenvolver um trabalho prático de forma a consolidar os conhecimentos adquiridos.

Objectivos

- Conhecer os conceitos utilizados na avaliação da propriedade rústica
- Selecionar os elementos de suporte á avaliação
- Conhecer as metodologias de avaliação
- Conhecer as classificações dos solos
- Conhecer os diversos tipos de rendimentos e despesas decorrentes da actividade desenvolvida numa propriedade rústica
- Elaborar um relatório de avaliação fundamentado

Destinatários

- Destina-se a profissionais ligados à atividade de avaliação imobiliária com necessidade de aprofundar os seus conhecimentos no domínio da avaliação da propriedade rústica.
- Profissionais que pretendam iniciar-se na avaliação de prédios rústicos.
- Pressupõe-se que os formandos, preferencialmente, detenham já conhecimentos dos métodos de avaliação tradicionais (não limitativo).

Programa

A. Introdução à avaliação
    a. Prédio
    b. Tipos de prédio
    c. Harmonização
    d. Restrições de utilidade pública – Determinantes e Condicionantes
    e. Fracionamento e reunião de prédios
    f. Análise de elementos cartográficos de suporte ao processo
B. Metodologias de avaliação
    a. Avaliações fiscais
        i. Valor patrimonial tributário
        ii. Operações de avaliação
        iii. Cálculo de tarifas por tipo de rendimento
    b. Avaliações judiciais
        i. A justa indemnização
        ii. Constituição de servidões administrativas
        iii. Parcelas sobrantes
        iv. Fases de desenvolvimentos de um projecto de expropriação
C. Relatório de avaliação
    a. Estrutura / exemplos
D. Método comparativo c/ e s/ homogeneização
E. Método do Rendimento
    a. Classificação dos rendimentos na agricultura
    b. Curvas de produção e rendimento
    c. Contas de cultura
F. Culturas e simbologia utilizada
G. Análise, interpretação e avaliação – exemplos práticos
H. Referências Bibliográficas
I. Trabalho prático (*)


(*) A realização do trabalho prático tem como objectivo a elaboração de um caso real de avaliação, possibilitando aos formandos a aplicação dos conceitos adquiridos durante a formação teórico/prática e ao esclarecimento de eventuais dúvidas que possam surgir. A realização do trabalho prático no âmbito do Curso de Avaliação da Propriedade Rústica é facultativa, no entanto, a sua realização confere ao formando a obtenção de um certificado de formação com avaliação quantitativa.


 Custos / Horário | Inscrever

  • Imagem C96
Tome Nota