ITeCons
ITeCons
UC
Caminho › itecons.uc.pt › Instituto › Sobre o ITeCons
Instituto
Sobre o ITeConsO ITeCons

O ITeCons - Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico para a Construção, Energia, Ambiente e Sustentabilidade é um instituto constituído em 2006 como uma associação sem fins lucrativos, com o objetivo de funcionar como interface dinâmica do conhecimento entre a comunidade científica e a indústria, prestando serviços de investigação aplicada, ensaios, consultoria e formação nos domínios da construção, energia, ambiente e sustentabilidade.

O ITeCons possui um sistema de gestão da qualidade certificado pela APCER, em conformidade com a norma NP EN ISO 9001, e mais de 220 ensaios acreditados pelo IPAC, em conformidade com a norma NP EN ISO/IEC 17025. É, ainda, Organismo Notificado (Sistema 3) no âmbito da marcação CE, Regulamento (UE) n.º 305/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho de 9 de Março de 2011, para uma vasta gama de produtos de construção.

Enquanto entidade do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, o ITeCons desenvolve em parceria com a indústria trabalhos de investigação pura e investigação aplicada em áreas temáticas inovadoras, estando acreditado para a prestação de serviços a PMEs no âmbito das medidas de incentivo do Portugal2020, nas áreas de I&D, Inovação, Empreendedorismo e Internacionalização.

O ITeCons dispõe de equipamento único para caracterização e desenvolvimento de materiais e soluções de engenharia, disponibilizando uma extensa lista de serviços de ensaio nas áreas dos materiais e produtos de construção, argamassas, ligantes e misturas betuminosos, acústica e vibrações, higrotérmica, química e ambiente, geologia e geotecnia, equipamentos elétricos, caixilharias e revestimentos exteriores.

Enquanto Organismo de Avaliação Técnica, o ITeCons apoia a indústria na marcação CE de produtos de construção não abrangidos por normas harmonizadas, através do estabelecimento de Documentos de Avaliação Europeus e da emissão de Avaliações Técnicas Europeias.

Presta serviços de consultoria, no âmbito da eficiência energética, estratégias de reabilitação e certificação energética de edifícios. Realiza inspeções e peritagens, efetua monitorização da segurança estrutural das construções, analisa, revê e otimiza projetos de engenharia. Presta ainda serviços na área ambiental, relacionados com o desenvolvimento de estudos de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV), preparação de Declarações Ambientais de Produto (DAP) e cumprimento de obrigações legais. Apoia também as empresas na implementação de sistemas de gestão, nomeadamente, da ISO 9001, ISO14001 e NP 4457 e de sistemas de controlo de produção em fábrica segundo diversos referenciais normativos.

O ITeCons organiza regularmente ações de formação, workshops, seminários e congressos de âmbito nacional e internacional, com o objetivo de contribuir para a constituição de massa crítica e atualização de recursos humanos ligados aos sectores da Construção, da Energia e do Ambiente.

Associados

São Associados Fundadores Honorários do ITeCons a Universidade de Coimbra, a Caixa Geral de Depósitos, o Município de Coimbra e as Águas de Coimbra. São também Associados Fundadores várias empresas, Municípios e outros organismos dos sectores da Construção, Energia, Ambiente e Sustentabilidade. Atualmente, o ITeCons conta com mais de 50 Associados. Conheça os nosso Associados

História

2006 | Escritura - Tendo como origem a atividade desenvolvida pelo Grupo de Construções da Universidade de Coimbra, o Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Ciências da Construção foi constituído em 11 de Janeiro de 2006, sob a forma de uma associação sem fins lucrativos, iniciando a sua atividade nas instalações da própria Universidade de Coimbra.

2008 | Pólo das Ciências da Construção - A sede do Instituto foi inaugurada em meados de 2008, passando o ITecons a ter a sua própria área administrativa, laboratórios de ensaio e espaços para formação e eventos. Estas instalações representaram um investimento de aproximadasmnte 5M€, beneficiando de financiamento do Programa Operacional Regional do Centro (ref.ª POR/5.1.D.001/DREC).

2008 | Acreditado pelo IPAC (NP EN ISO/IEC 17025) - O ITeCons viu o seu Laboratório ser acreditado pelo Instituto Português da Acreditação (IPAC) para 27 ensaios nas áreas da acústica, alvenarias, betões, aços e isolamentos.

2008 | Certificação pela APCER (NP EN ISO 9001) - A Associação Portuguesa de Certificação (APCER) concedeu a certificação do sistema de gestão da qualidade implementado no ITeCons para todas as actividades desenvolvidas por este Instituto.

2009 | Cluster Habitat Sustentável - Enquanto entidade dinamizadora da criação deste Cluster, o ITeCons procura promover sinergias entre Empresas e entidades do SCT com o objectivo da valorização do conhecimento em sustentabilidade do espaço construído, nas suas vertentes económica, ambiental e cultural. Neste âmbito, o ITeCons apresentou como projeto âncora, a criação do Pólo de Conhecimento em Tecnologias da Construção Sustentável.

2009 | Organismo notificado no âmbito da marcação CE - O ITeCons foi reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) como Orgnismo Notificado - Laboratório de Ensaios - no âmbito da marcação CE, diretiva 89/106/EEC para vários materiais.

2010 | Energy for Sustainability (EfS) - O ITeCons reforçou o seu papel na rede colaborativa MIT Portugal através da iniciativa da Energia para a Sustentabilidade.

2011 | Qualificado para I&DT e Inovação no âmbito dos Vales - O ITeCons foi reconhecido como entidade qualificada para prestação de serviços I&DT e Inovação a PME no âmbito dos Vales I&DT e Inovação. O ITeCons obteve reconhecimento nas áreas de qualificação Desenvolvimento e Engenharia de Produtos, Serviços e Processos, bem como na I&DT e Transferência de Tecnologia.

2011 | Acreditação flexível - O ITeCons foi o primeiro Laboratório a obter a Acreditação Flexível (19 ensaios) no âmbito dos materiais de construção, passando assim a estar acreditado para um total de 176 ensaios.

2012 | Pólo de Conhecimento em Tecnologias da Construção Sustentável - Início da construção do novo edifício que alberga atualmente os Pólos da Construção Sustentável e da Energia para a Sustentabilidade. A construção deste novo edifíco do ITeCons encontra-se englobada no projeto de criação do "Pólo de Conhecimento em Tecnologias da Construção Sustentável", financiado pelo QREN, no âmbito do Mais Centro - Programa Operacional Regional do Centro. Este projeto representa um investimento total de aproximadamente 7.7M€, com uma comparticipação do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

2013 | Organismo Notificado no âmbito do Regulamento dos Produtos da Construção - Após a revogação total em 1 de Julho de 2013 da Directiva dos Produtos da Construção 89/106/CEE, a Marcação CE dos Produtos de Construção passou a ser efectuada em pleno através do Regulamento (UE) n.º 305/2011 de 9 de Março. No dia 16 de Outubro de 2013, o IPQ notificou a Comissão Europeia e os restantes Estados-Membros acerca do reconhecimento do ITeCons, enquanto Laboratório de Ensaios no âmbito do Sistema 3 da Marcação CE. Não tendo sido levantadas objecções quer pela Comissão Europeia quer pelos Estados-Membros, conforme previsto no n.º 5 do artigo 48º do Regulamento, o ITeCons é agora formalmente reconhecido como Organismo Notificado n.º 2211 (NANDO).

2014 | Organismo de Avaliação Técnica no âmbito do Regulamento dos Produtos da Construção - O ITeCons foi designado pelo Instituto Português da Qualidade, I.P. (IPQ, I.P) como Organismo de Avaliação Técnica (OAT) no âmbito do Regulamento (UE) N.o 305/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho de 9 de Março (NANDO), que estabelece condições harmonizadas para a comercialização dos produtos de construção e que revoga a Directiva 89/106/CEE do Conselho. Desta forma, o ITeCons é reconhecido pela Comissão Europeia para o estabelecimento de projectos de Documentos de Avaliação Europeus, no seio da Organização dos OAT, e para a emissão de Avaliações Técnicas Europeias.

2015 | Pólo de Energia para a Sustentabilidade - com este novo Pólo, o ITeCons cria condições e competências avançadas para a realização de investigação e desenvolvimento na área da química e da consultoria ambiental, da valorização dos resíduos, no desempenho energético de equipamentos de climatização, no estudo de coberturas e fachadas verdes e na avaliação e desempenho de bombas hidráulicas e medidores de caudal. A criação deste Pólo foi financiada pelo Sistema de Apoio a Parques de Ciência
e Tecnologia e Incubadoras de Base Tecnológica do Programa Mais Centro do QREN.

2016 | 10º Aniversário do ITeCons - O Instituto comemora 10 anos dedicados à investigação e desenvolvimento.

 

Orientação Estratégica

A missão do ITeCons é estabelecer uma colaboração estreita e ágil entre a Universidade de Coimbra e a Sociedade, as Empresas e outros organismos dos sectores da Construção, da Energia, do Ambiente e da Sustentabilidade.

São objetivos fundamentais do ITeCons:

  • dinamizar a transferência de tecnologias, saber e saber-fazer entre a Universidade, a Indústria e a Sociedade;
  • apoiar o sector empresarial, através da prestação de serviços especializados de ensaio e consultoria;
  • promover a investigação aplicada em áreas temáticas de interesse comum à Universidade, à Indústria e à Sociedade;
  • participar na formação e atualização de competências do sector empresarial;
  • organizar eventos científicos que potenciem a constituição de massa crítica.

São Valores do ITeCons:

  • Integridade e ética;
  • Independência e idoneidade;
  • Competência técnica e científica;
  • Apoio à comunidade;
  • Trabalho em equipa.

A Política da Qualidade do ITeCons foi formulada em consistência com a natureza da atividade desenvolvida pelo Instituto e com a sua visão do futuro, tendo sido estabelecidas as seguintes grandes linhas de orientação:

  • oferecer um conjunto de serviços técnicos e científicos orientado para a satisfação das necessidades dos seus clientes;
  • assegurar a elevada qualidade dos serviços prestados apostando na formação, competência profissional e satisfação de todos os colaboradores;
  • cumprir os prazos de execução contratualmente estabelecidos;
  • garantir a credibilidade e competência técnica do trabalho laboratorial realizado;
  • garantir a confidencialidade e imparcialidade nos trabalhos realizados;
  • garantir que todos os colaboradores se encontram familiarizados com os procedimentos da qualidade e que os aplicam no seu trabalho;
  • garantir o cumprimento dos requisitos dos referenciais normativos NP EN ISO 9001 e NP EN ISO/IEC 17025, da Diretiva dos Produtos de Construção nº 89/106/CEE, do Decreto-Lei nº 113/93 que transpõe para ordem jurídica interna aquela Diretiva, do Regulamento (EU) n.º 305/2011 que estabelece condições harmonizadas para a comercialização dos produtos de construção, dos Decretos-Lei n.º 174/2002 e n.º 222/2008 relativos à protecção e segurança radiológica e de regulamentação específica aplicável, disponibilizando os meios para que se cumpram;
  • melhorar continuamente a eficácia do Sistema de Gestão implementado, desenvolvendo as ações adequadas.
Tome Nota
Topo da página   Topo